Laurent Mucchielli – « Para uma sociologia dos crimes ambientais. Reflexões sobre o caso dos pesticidas em França »

publication

revue Sociologicos, série II, numéro 37, 2020, p. 19-26. 
- en ligne

A questão das catástrofes ambientais e sanitárias, causadas pelas actividades económicas humanas, tem sido cada vez mais divulgada desde os anos 70. Uma sociologia do ambiente e depois uma sociologia do risco desenvolveu-se nos Estados Unidos e depois na Europa. Mas só muito recentemente é que a sociologia do desvio se debruçou sobre estes temas, questionando a existência de práticas criminosas que, por vezes, desempenham um papel importante na perpetuação das ameaças. 
A sociologia do desvio inspira-se na tradição de investigação sobre a “criminalidade de colarinho branco” iniciada por Edwin Sutherland e, mais precisamente, na investigação sobre a criminalidade empresarial. 
Este artigo procura contribuir para a constituição e a problematização deste relativamente novo campo de investigação na Europa continental que, aqui, é ilustrado com o exemplo da poluição do solo e da água por pesticidas utilizados maciçamente na agricultura em França.

Lire aussi

CRII_103

Contester par les chiffres : analyse des collectifs d’audit citoyen de la dette en France, en Espagne et en Belgique

Capture d’écran 2024-06-03 à 10.42.08

Dénoncer les discriminations vécues à l’université : entre silence, révélation et signalement

Capture d’écran 2024-04-30 à 10.35.05

Les citoyens contrôleurs de l’action publique. Belgique, France, Espagne (années 2010)